AM 1120 SJP

participe via
whatsapp

4130581120
Rádio Mais > Notícias da Mais
Aumentam os casos de mortes de frentistas, faxineiros, porteiros e vigilantes em Curitiba 12 de agosto de 2021 - 09:06
(Foto: Bem Paraná/Franklin de Freitas)


Em Curitiba foram registrados 1.307 rompimentos de contratos trabalhistas devido a óbitos de profissionais somente no primeiro semestre do ano, conforme apontam os dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), do Ministério da Economia. Esse número já ultrapassa a quantia do ano passado inteiro, quando foram notificados 1.061 desligamentos por óbito do trabalhador. 
Os dados não informam a causa da morte, porém os registros apontam que o mês com mais óbitos foi em março, coincidindo com a época que houve agravamento no número de casos da Covid-19.
As profissões com mais desligamentos por óbitos em Curitiba entre janeiro e junho foram: faxineiros (65 casos), porteiro de edifícios (62), vigilante (58), vendedor de comércio varejista (45), motorista de caminhão (43) e motorista de ônibus urbano (41).


Tags: Prefeitura de Curitiba Curitiba Rádio Mais Rádio Mais Paraná

Relacionados

Desenvolvido por: