AM 1120 SJP

participe via
whatsapp

4130581120
Rádio Mais > Mais maternidade
Dicas para se divertir com os filhos nas férias de julho 21 de julho de 2022 - 15:45

Psicopedagoga ensina como organizar o tempo livre das crianças durante o recesso escolar e reforça: é fundamental ter momentos de ócio e liberdade

As férias de julho chegaram, mas o período que costuma ser de pura alegria e entusiasmo para as crianças é de correria e preocupação para os pais que precisam trabalhar nesses dias. Então, o que fazer com os filhos durante o recesso escolar? 

A psicopedagoga Daniela Jungles, professora de Psicologia e supervisora da clínica-escola do UniCuritiba – instituição que faz parte da Ânima Educação, uma das principais organizações de ensino superior do país – dá a dica: a família tem de fazer o que pode e o primeiro passo é trabalhar o sentimento de culpa. 

Segundo a especialista, é fundamental se desapegar da ideia de que os pais devem dar conta de tudo, como trabalhar, limpar a casa, pagar as contas, entreter as crianças, ir a programas divertidos e fazer passeios. “A gente sonha com uma viagem legal, com atividades excepcionais, mas nem sempre é possível. A maioria dos pais está trabalhando nessa época. É preciso ter isso em mente para que não aflore o sentimento de culpa. Tem de avaliar quais são os recursos disponíveis, a rede de apoio e lembrar que está tudo bem.”

A psicopedagoga lembra que os pais não têm a responsabilidade de entreter os filhos o dia inteiro e, mesmo que criança queira momentos de atenção e diversão em família, ela também precisa de tempo livre para descansar, brincar sozinha, enfrentar o tédio.

“Os adultos tentam evitar que os filhos fiquem sem ter o que fazer. Temos a sensação de que, para serem felizes, precisam estar no shopping, viajando, fazendo alguma coisa super fantástica. Mas isso não é verdade. Está tudo bem se ele sentir um pouco de tédio. Já, já, encontrará uma solução para isso. É necessário que aprenda a lidar com a situação”, diz Daniela.


Planejamento e flexibilidade

No entanto, a psicóloga destaca que os pais precisam se planejar e se preparar para as férias dos filhos. Eles precisam saber com quem as crianças ficarão e o que farão nesses dias sem escola. Essa “programação” é fundamental para evitar ansiedade nas crianças, que ao sair da rotina precisam se sentir seguras. 

Vale lembrar que, mesmo trabalhando, os pais podem promover bons momentos juntos. “Um filme com pipoca e outras guloseimas, um piquenique, um jogo em família à noite. Esses momentos são especiais para as crianças. Antes de mais nada, filho quer pai e mãe, quer atenção e amor”, ressalta.

No Manhã da Mais conversou com a  psicopedagoga e  professora de Psicologia e supervisora da clínica-escola do UniCuritiba Daniela Jungles que fala da importância das atividades durantes as férias das crianças.

(Foto:Canva)

Tags: Diversão Crianças Pais Férias Filhos

Relacionados

Desenvolvido por: