AM 1120 SJP

participe via
whatsapp

4130581120
Rádio Mais > Notícias da Mais
Mais doenças serão precocemente diagnosticadas em recém-nascidos no Paraná 07 de setembro de 2021 - 20:36
(Foto: Canva)

Mais doenças devem ser precocemente diagnosticadas em recém-nascidos no Paraná. A triagem neonatal passa a detectar de forma gratuita e obrigatória uma lista mais ampla de patologias. Isso é o que prevê uma nova lei que entrou em vigor no estado.
Além das patologias detectadas nos testes do pezinho, orelhinha, olhinho e do coraçãozinho que todas as crianças paranaenses fazem na triagem neonatal, e que detectam diversos tipos de doenças nos recém-nascidos, agora é a lei inclui outras patologias de doenças genéticas, endócrinas e metabólicas para estabelecer o quanto antes os diagnósticos e promover os tratamentos adequados.
A publicação da lei aconteceu no dia 27 de agosto, fruto de um projeto de lei proposto na Assembleia Legislativa do Paraná pelo deputado Subtenente Everton (PSL).  A antiga lei já previa a obrigatoriedade de provas para detectar precocemente hipertireoidismo congênito, síndrome de down, cardiopatia congênita “e outras malformações genéticas e cromossômicas em todas as crianças nascidas em maternidades e casas hospitalares do Paraná”.
Agora a nova lei prevê o diagnóstico de: Hipotireoidismo Congênito; Fibrose Cística; Doenças Falciforme e outras Hemoglobinopatias; Deficiência da Biotinidase; Hiperplasia Adrenal Congênita; Doenças metabólicas; Deficiência da desidrogenase acetil CoA de cadeia média (MCAD); Deficiência da desidrogenase acetil CoA de cadeia longa (LCHAD); Deficiência da desidrogenase acetil CoA de cadeia muito longa (VLCAD); e Deficiência do Transporte da Carnitina – Carnitina Primária (CTD).

Tags: Saúde Diagnóstico Governo do Estado do Paraná Bebês Paraná Diagnóstico Precoce Rádio Mais

Relacionados

Desenvolvido por: