AM 1120 SJP

participe via
whatsapp

4130581120
Rádio Mais > Consultório médico
Saiba como diminuir os impactos do tempo seco na saúde 04 de agosto de 2022 - 15:52

Na estação do inverno, a redução da umidade do ar gera complicações para a saúde humana, como o agravamento de sintomas respiratórios, entre eles, o sangramento nasal. Mas o tempo seco não existe apenas épocas frias do ano, em algumas regiões, esse fenômeno também ocorre durante o verão.

Além desses problemas, essa condição do clima causa irritações nos olhos e insuficiência em órgãos vitais, como coração e pulmões. Por isso, é importante tomar algumas precauções para diminuir os riscos.

O parâmetro adequado da umidade atmosférica deve ficar em torno de 50% e 80%. Quando fica abaixo de 30%, muitas pessoas sentem desconforto físico ou manifestam doenças. Além disso, esse estado crítico do clima torna mais graves os efeitos da poluição, pois a dispersão de poluentes é comprometida.

O tempo seco é extremamente comum no inverno, uma vez que as chuvas são escassas  principalmente, nas regiões Sul e Sudeste do país. 

Além disso, a ausência de umidade deixa os brônquios mais fechados, o que dificulta o fluxo sanguíneo para os pulmões, forçando o bombeamento do coração. Devido a essa condição, o sangue fica mais espesso, o que pode entupir vasos, causar hipertensão ou aumentar o risco de AVC.

Sobre o assunto no Manhã da Mais a apresentadora Carol Chab conversou com o cardiologista do Hospital Marcelino Champagnat Dr Paulo Negreiros que fala dos impactos na saúde durante épocas de tempo mais seco.

(Foto: Canva)



Tags: Saúde Medicina Saúde Ocular Problemas respiratórios Tempo Saúde Auditiva

Relacionados

Desenvolvido por: