AM 1120 SJP

participe via
whatsapp

41 3058-1120
Rádio Mais > Notícias
Sanepar vai adotar novo modelo de rodízio a partir desta sexta 12 de agosto de 2020 - 09:23
(Foto: Reprodução) 


A Sanepar vai adotar um novo modelo de rodízio no fornecimento de água de Curitiba e Região Metropolitana a partir desta sexta-feira (14), com a redução do intervalo entre a suspensão e a retomada do abastecimento. Dividida em três grupos de bairros (e não mais em cinco), a população ficará um dia e meio sem água e um dia e meio com água (36 horas X 36 horas).A medida é necessária devido à forte estiagem que afeta os níveis dos reservatórios do Sistema de Abastecimento Integrado de Curitiba e Região Metropolitana (Saic). 

A medida foi anunciada quando o nível médio dos reservatórios chegou a 28,85%, o pior nível da história da medição da Sanepar. Os níveis de cada barragem estão em 10,55% (Iraí), 32,8% (Passaúna), 17,3% (Piraquara I) e 83,3% (Piraquara II). O sistema de rodízio já vem sendo adotado pela Companhia desde março, inicialmente para a região Sul de Curitiba e da Região Metropolitana devido à baixa vazão do Rio Miringuava.

Em abril, o sistema foi estendido a toda RMC. Desde então, a cada dia um grupo de 750 mil pessoas, ou cerca de 20% da população, tem o fornecimento suspenso.  Com a nova tabela, a partir destga sexta-feira (14) o grupo de pessoas sem água, a cada dia, será ampliado para 1,2 milhão.

META 20 - Além de alterar a programação do rodízio, a Sanepar está lançando a Campanha Meta20 para que a população economize 20% do consumo de água. “Esses 20% equivalem a 100 milímetros de chuva. Com 100 milímetros de chuva ou de economia da população, ganhamos um mês de reservação”, explica o presidente da Companhia, Claudio Stabile. O presidente destaca ainda que o engajamento da população é essencial para que os reservatórios não sequem. 

Fonte: AEN 

Desenvolvido por: